Gestão dos recursos nas entidades fechadas de previdência complementar (EFPC)

postado em: Consultoria | 1

De acordo com a emenda constitucional 103 os municípios que possuem RPPS são obrigados a instituir, no prazo de 2 anos, EFPC própria ou aderir a uma já existente.

Os Entes, antes de implantar o RPC (Regime de Previdência Complementar) devem analisar os custos de implantação.

Segundo estudos, torna-se interessante instituir plano próprio a partir de 10.000 participantes. Ao contrário, o custo per capita pode inviabilizar o plano.

A comparação, isoladamente, não é suficiente para definição de qual a melhor alternativa para implantação do RPC. São igualmente importantes os indicadores de que haverá uma boa entrega ao Ente Federado, enquanto patrocinador, e aos servidores, maiores interessados no produto final.

Se o Ente optar por contratar uma entidade externa ao invés de instituir plano próprio deverá estudar minuciosamente o desempenho histórico da instituição na gestão de recursos de previdência complementar fechada.


Por Sérgio Stifelmann, consultor de valores mobiliários e sócio da Gestor Um Consultoria

  1. Aracely Silva

    Oi Sergio!
    EFPC, quer dizer Entidade Federativa de Previdência Complementar?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.